• Fev
    8
    2018
    POSTADO POR Bela_Tintas

    Saiba como escolher a ferramenta certa para pintura

    Share Button

    Tem coisa pior do que perceber que escolheu a ferramenta errada, bem na hora da pintura? Tinta escorrendo, rodapé mal-acabado, sujeira de respingo, essas são algumas das consequências mais comuns quando não se escolhe a ferramenta adequada.

    Para não errar e garantir um acabamento perfeito da sua parede, madeira, grandes, janelas ou portão, confere só as dicas que separamos essa semana.

    Escolhendo o pincel

    O rolo na maioria das vezes é o protagonista da pintura, mas é nos detalhes que a boa pintura se esconde. O pincel faz toda a diferença, afinal só é possível pintar aquele cantinho, rodapé ou divisória estreita com o bom e simpático pincel.

    Foto: Banco de imagens

    Foto: Banco de imagens

    Você sabia que o tipo de material das cerdas do seu pincel é o que define a sua função? Por exemplo, para aplicação de tinta látex ou acrílica, os mais indicados são os de cerda gris, esse tipo de trincha reduz o aspecto “riscado” e proporciona um acabamento uniforme nas paredes.

    Se a superfície pintada for aço ou ferro, você vai usar o esmalte sintético ou também conhecido como tinta óleo, nesse caso opte por pincéis de cerdas preta, natural ou sintética. Esse tipo de pincel resiste aos agentes a base de solvente, suas cerdas tem uma espessura extremamente fina e macia, proporcionando o arremate perfeito.

    Veja também: Passo a passo como pintar portão de aço e ferro

    Para pinturas em madeira atenção redobrada na escolha da ferramenta de pintura. Esse tipo de superfície tem uma tendência a transparecer riscos, e sobressair defeitos com facilidade, comprometendo diretamente a beleza da sua madeira. O ideal são os pinceis de cerdas sintéticas na cor branca ou os de cerdas naturais feitas do pelo da orelha do boi.

    Agora se você gosta de ser prevenido e prefere um pincel multiuso para pequenos serviços e reparos, o mercado também oferece essa opção. São os de filamento sintético cinza, composto por cerdas maleáveis e resistentes ele se adapta aos diversos tipos de superfície.

    A escolha correta do pincel além de proporcionar um acabamento bonito, também influencia o rendimento da pintura. Quanto mais cerdas o pincel tiver, maior a quantidade de tinta é retida, proporcionando pinceladas mais longas.

    Escolha o rolo perfeito

    Chegou a hora de escolher a estrela das ferramentas, o rolo. São tantos modelos e materiais que fica fácil se confundir. O que você precisa saber a princípio é que eles são confeccionados a partir dos seguintes materiais: lã de carneiro ou ovelha, lã sintética, espuma ou fibra de vinil. Cada tipo vai se adequar perfeitamente a uma determinada superfície.

    Foto: Banco de imagens

    Foto: Banco de imagens

    Então vamos lá, para pintura de látex ou acrílico a melhor escolha são os rolos de lã, seja natural ou sintético. O rolo de lã natural tem uma resistência maior e se bem conservado e limpo no caso de aplicação com produtos à base de água,  pode ser usado novamente várias vezes, essa é uma das principais diferenças entre eles.

    Para tetos ou paredes lisas sem grandes defeitos, irregularidades ou imperfeições opte pelo rolo de lã baixa, sintético ou natural. Esse tipo vai proporcionar um melhor deslize na superfície e menos respingos de tinta na pintura, são os queridinhos anti-gotas 🙂

    Agora se sua parede tem textura ou está rugosa e áspera a melhor escolha são os rolos de lã alta. Para que a tinta penetre nas ondulações e imperfeiçoes é preciso mais produto na hora da aplicação, o rolo de lã alta exerce essa função e garante a cobertura ideal.

    Veja também: 3M inova com tecnologia de lixamento

    Para esmalte sintético, verniz e stain o recomendado são os rolos de espuma, eles têm uma resistência maior aos componentes desse tipo de tinta e proporcionam um acabamento lisinho. Os rolos de lã sintética com espessura baixa, são uma boa pedida para aplicação de epóxi, resina e esmalte.

    Dica extra: você já ouviu falar do PAD? Não é rolo nem pincel, é uma ferramenta que proporciona recorte de parede perfeito. Aperte o play e confira:

    Existem também os rolos decorativos, mas isso é assunto para um outro dia. Se você tem alguma dúvida ou curiosidade deixe aqui nos comentários, vai ser um prazer te ajudar. E você pintor, tem alguma dica extra sobre ferramentas de pintura? Compartilha com a gente, queremos muito saber 😉

    Precisando de material para pintura, complementos, equipamentos de segurança e afins, visite nosso e-commerce www.belatintas.com.br tem sempre um vendedor online por lá, pronto para te ajudar.

    Um grande abraço e até a próxima!

     

     

     

    Share Button